Suspensas as buscas por monomotor desaparecido no MT

Devido às péssimas condições do tempo na região de Tangará da Serra (239 KM de Cuiabá), homens do Grupamento de Salvamento e Resgate (Salvaerora) suspenderam nesta terça-feira as buscas ao avião monomotor Embraer modelo 710 de prefixo PT-NTR desaparecido desde domingo, 14, no Mato Grosso. Os trabalhos devem recomeçar nesta quarta-feira. O desaparecimento ocorreu entre as cidades de Tanagará da Serra (239 Km de Cuiabá) e Sinop (500 Km de Cuiabá). A aeronave decolou de Tangará da Serra no domingo, às 9h, e deveria ter chegado em Sinop por volta das 11h. A decolagem foi no Aeródromo Municipal de Tangará da Serra, uma pista com pouca estrutura. Há informações que além do piloto Cleverson de Souza iam mais duas pessoas até agora não identificadas. A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) confirmou que o Salvaero está na área e usam para os serviços um avião Bandeirantes e um helicóptero da Força Aérea Brasileira (FAB), vindos de Brasília e Campo Grande. Ainda segundo a Anac, a aeronave do Salvaero deve ficar "baseada" em Cuiabá até que o tempo melhore. O avião que caiu estaria com certificado de aeronavegabilidade vencido. A Anac prefere não alarmar até que o desaparecimento seja oficializado. "O que sabemos é que houve um comunicado do desaparecimento, mas não podemos confirmar até que sejam encontrados vestígios", dizem funcionários da Agência. Até o momento não há informações sobre o ponto exato em que o avião desapareceu.

Agencia Estado,

16 de janeiro de 2007 | 21h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.