Suzana Vieira diz estar triste e chocada com a morte de ex

Em comunicado, atriz afirma que espera que Marcelo Silva descanse; corpo de ex-PM foi encontrado no carro

da Redação, estadao.com.br

11 de dezembro de 2008 | 17h37

A atriz Suzana Vieira soltou um comunicado falando sobre a morte do ex-marido Marcelo Silva, nesta quinta-feira, 10. Silva foi encontrado morto nesta manhã dentro de seu carro no Hotel Transamérica Flat, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio. "Estou triste e chocada. Que ele descanse", disse a atriz em nota.   Veja também: Marcas que seriam sangue são achadas no carro de Marcelo Silva Polícia investiga hipótese de overdose do ex-PM    Silva morava no flat com a atual namorada, Fernanda Cunha, de 24 anos. O caso entre os dois provocou a separação entre Suzana Vieira e o ex-PM, em novembro deste ano. Fernanda contou que Marcelo havia começado a consumir cocaína no Motel Shalimar, onde o casal passou a noite, segundo informações do delegado adjunto do 16.º Distrito Policial da Barra da Tijuca, Rafael Willis.   Ao menos duas marcas que parecem sangue foram vista no Polo prata do ex-PM - uma na grande dianteira e a outra na parte lateral traseira do veículo. Fernanda declarou que adormeceu em um determinado momento da noite e quando acordou ele já estaria consumindo cocaína e começado a ter alucinações. Contrariada, Fernanda pediu ao ex-PM para ir embora. No caminho para o Flat Transamérica ele consumiu mais cocaína.   Ao chegar à garagem do apart-hotel, Marcelo começou a dizer que estava sendo perseguido. Segundo Fernanda, ele corria entre os carros alegando que estava sendo perseguido e que via que pessoas atrás dele. Dois funcionários do flat tentaram acalmá-lo, que só parou de ter alucinações quando começou a passar mal e foi colocado no banco do carona de seu Pólo prata.

Tudo o que sabemos sobre:
Suzana VieiraMarcelo Silva

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.