Suzane Von Richthofen vai a júri popular pela morte dos pais

Por maioria de votos, a 5ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo decidiu levar a júri popular a estudante de Direito Suzane Louise Von Richthofen e os irmãos Daniel e Cristian Cravinhos de Paula e Silva. Os três serão julgados por duplo homicídio triplamente qualificado, com penas previstas entre 24 anos e 60 anos de reclusão em regime integralmente fechado.Suzane, Daniel e Cristian tiveram participação ativa no assassinato do casal Manfred Alfred e Marisa Von Richthofen, mortos a pauladas e por asfixia enquanto dormiam, na noite de 31 de outubro do ano passado. Pais de Suzane, Manfred e Marisa se opunham ao namoro da filha com Daniel e ameaçavam deserdá-la. Foi a própria Suzane quem abriu as portas da casa aos dois irmãos na noite do duplo assassinato.Os três acusados também responderão por crime de fraude processual, porque alteraram a cena do crime, simulando latrocínio. Cristian responderá ainda por furto, pois se apoderou de jóias avaliadas em R$ 10 mil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.