TAM divulga nota sobre cancelamento de voos por ameaça de furacão

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) recomenda aos passageiros que, antes de saírem de casa, confirmem com a companhia aérea contratada o horário do voo e se ele foi mantido

29 Outubro 2012 | 13h48

SÃO PAULO - A TAM Linhas Aéreas divulgou um comunicado sobre os cancelamentos de voos com chegada e partida para os Estados Unidos, em razão da possibilidade de o furacão Sandy atingir a costa leste americana. A Agência Nacional de Aviação Civil  (Anac) alerta os passageiros para que, antes de saírem de casa, confirmem com a companhia aérea contratada o horário do voo e se ele foi mantido. Leia o comunicado da TAM abaixo.

 

"A TAM informa que cancelou alguns voos de e para Nova York, nos Estados Unidos, no domingo (28) e nesta segunda-feira (29), seguindo as recomendações das autoridades locais, que suspenderam as operações do aeroporto internacional John F. Kennedy por causa da passagem do furacão Sandy pela região.

 

A empresa está prestando a assistência necessária aos passageiros afetados por esses cancelamentos. Eles serão reacomodados nas próximas opções de voos disponíveis, sem cobrança de taxas. Situações como essa são desagradáveis e afetam a programação da viagem dos clientes, porém a aviação está suscetível a eventos naturais, e cabe à companhia aérea preservar a segurança dos passageiros.

 

Os clientes com bilhetes para esse destino podem entrar em contato com a Central de Atendimento da TAM antes de se dirigir ao aeroporto para verificar a condição de seus voos ou para remarcá-los. Os números são: 4002-5700 (capitais) e 0800-570-5700 (demais localidades)."

Mais conteúdo sobre:
furacãosandyvoosaeroporto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.