Tamanduá-bandeira é encontrado preso ao corpo da mãe morta

Filhote estava deitado sobre o corpo da mãe atropelada em uma estrada de Minas Gerais

Juliane Freitas - estadão.com.br,

20 Junho 2012 | 15h48

SÃO PAULO - Um filhote de tamanduá-bandeira foi encontrado nesta terça-feira, 19, numa rodovia estadual na região de Sacramento, no Triângulo Mineiro. O animal, de aproximadamente quatro meses e pouco mais de 2 quilos, estava deitado sobre o dorso da mãe, morta após ser atropelada.

O tamanduá-bandeira foi encontrado por moradores, que acionaram a polícia ambiental. O animal está em boas condições de saúde, não tem ferimentos e é tratado no Hospital Veterinário de Uberaba, alimentado com leite artificial e vitaminas.

 

Segundo o veterinário responsável pelo filhote, Cláudio Yudi, há uma grande população de tamanduás-bandeira na região, bem próxima à Serra da Canastra, além de outros animais silvestres, como lobos-guará e aves. É recorrente o envolvimento desses bichos em acidentes de trânsito, já que as queimadas obrigam os animais a buscarem alimento e água em outros lugares, atravessando a estrada.

O filhote de tamanduá deve ser transferido para o Centro de Triagem de Animais Silvestres de Uberlândia, órgão do Ibama, e pode ser devolvido à natureza.

Mais conteúdo sobre:
tamanduá Minas Gerais

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.