Tarso assinará adesão de 12 cidades de SP a plano de segurança

Lançado em agosto deste ano, o programa visa a retomada de áreas dominadas pelo crime organizado

Elvis Pereira, do estadao.com.br,

03 de dezembro de 2007 | 14h31

O ministro da Justiça, Tarso Genro, assinará nesta terça-feira, 3, convênios com 12 cidades do interior paulista que passarão a contar com recursos do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci). São elas Barueri, Campinas, Itapevi, Jandira, Santana do Parnaíba, Pirapora do Bom Jesus, Cotia, Embu, Embu-Guaçu, Itapecerica da Serra, Osasco e Vargem Grande Paulista. Com isso, chegará a 17 o número total de municípios do Estado no programa - já o integram desde outubro a capital, Taboão da Serra, Diadema, Santo André e Guarulhos.  Lançado em agosto deste ano, o Pronasci visa a retomada de áreas dominadas pelo crime organizado e planos de urbanização, saúde, cultura e educação para os moradores. O programa propõe 94 ações que devem ser escolhidas pelas prefeituras conforme as necessidades do local. De acordo com o ministério, o governo federal pretende investir mais de R$ 6,707 bilhões até 2012. Inicialmente, serão atendidas as onze regiões com índice mais alto de homicídio do País: Brasília e Entorno, Vitória, Belo Horizonte, São Paulo, Rio de Janeiro, Belém, Recife, Maceió, Salvador, Curitiba, Porto Alegre.

Tudo o que sabemos sobre:
PronasciTarso Genro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.