Tasso diz que "promiscuidade" do governo está provada

O presidente do PSDB, Tasso Jereissati, disse, na manhã desta quarta-feira, 20, que o escândalo do dossiê que estaria sendo negociado por membros do PT "é um dos mais graves da nossa história recente". Para ele, "a promiscuidade do PT, do governo Lula e o desvio de dinheiro público está provado".Jereissati disse ainda que ganhar as eleições presidenciais não deverá evitar que Lula responda pelo dossiê. "Quem for responsável por isso que está aí vai ter que ir à julgamento, ganhando ou perdendo as eleições", afirmou.Mas, indagado se concorda com o prefeito do Rio, César Maia (PFL), de que Lula poderá sofrer processo de impeachment logo em seguida à posse, caso seja reeleito, Tasso respondeu apenas que "tivemos o maior cuidado o tempo todo em evitar qualquer crise".Tasso fez as declarações ao chegar para o lançamento do programa de governo do candidato do PSDB à Presidência da República, Geraldo Alckmin, na Marina da Glória, no Rio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.