Tasso sugere impeachment de Lula depois de denúncias

Depois das denúncias de desvio de recursos públicos na Secretaria de Comunicação do Governo (Secom) divulgadas na revista Veja, no sábado, 09, o presidente nacional do PSDB, senador Tasso Jereissati (CE) sugeriu que elas podem ser motivo para o impeachment do presidente Lula.A sugestão foi divulgada no domingo no site do PSDB (www.psdb.org.br). Nela, Tasso diz que os envolvidos devem ir para a cadeia. Caso isso não aconteça, "se instalará no Brasil um quadro de desordem total", segundo o presidente tucano.A reportagem da Veja traz dados que não comprovam o gasto de R$11 milhões, que teriam sido destinados à produção de 2 milhões de panfletos e encartes com propaganda do governo e críticas à administração do PSDB.Desde 2005 o TCU (Tribunal de Contas da União) investigava o caso, quando notou a ausência de provas da despesa que tinha sido autorizada à Secom, na época gerida por Luiz Gushiken.Em vez de terem sido entregues a órgãos públicos, segundo a denúncia, os folhetos foram parar em diretórios do Partido dos Trabalhadores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.