Taxista é a 199ª vítima do acidente com avião da TAM

Calor derreteu número do chassi do veículo e DNA da família foi colhido para fazer a identificação do corpo

Elisangela Roxo, O Estadao de S.Paulo

24 de julho de 2007 | 00h00

A TAM informou ontem que o taxista Tiago Domingos da Silva, de 22 anos, é a 199ª vítima do acidente com o Aiburs. Ele, no entanto, é o único na lista de mortos que não tinha relação nenhuma com a empresa. Não era passageiro, tampouco trabalhava ou era cliente da TAM Express. Cinco minutos antes do acidente, deixou a noiva, Jaqueline Cristina Souza dos Santos, de 18 anos, no saguão de Congonhas para que ela tentasse conseguir corridas e foi dar uma volta, já que não tinha autorização para parar o carro no aeroporto.Depois de vê-lo virar a esquina, Jaqueline ouviu a explosão e ainda tentou falar com o noivo pelo celular, em vão. O carro deve ter sido atingido pelo avião. "O Tiago não tinha ponto fixo e costumava rodar a cidade em busca de passageiros", diz Paulo Yoshida, sócio da Bewabel Auto Táxi Ltda., empresa pela qual foi contratado no dia 1º de junho.EM BUSCA DE PISTASO Corsa branco que Silva dirigia é a única pista que se tem até agora sobre o desaparecimento. Um amigo também taxista teria telefonado para Jaqueline avisando que automóveis atingidos pelo avião estavam sendo levados para o 27º Distrito Policial. A família foi até lá fazer o reconhecimento, mas o chassi do veículo derreteu por causa do calor. O único objeto encontrado em meio à sucata foi um guia de ruas, que tinha entre as páginas papéis inacreditavelmente intactos e com a letra de Jaqueline. De acordo com o tio de Silva, Sotero do Carmo Brasil, um casal de médicos que estava na delegacia notou restos de tecido humano no banco do carro. A mãe e o irmão do taxista tiveram o sangue colhido para a realização do exame de DNA. Até que o corpo seja identificado, os pais mantêm a esperanças de encontrá-lo com vida. "Só nos resta esperar", diz Brasil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.