Taxista é assassinado em Paraisópolis

O taxista João Pedro dos Reis Gonçalves, de 54 anos, foi assassinado, por volta das 2h30 desta madrugada, com um tiro na cabeça, na Rua Manoel Antonio Pinto, um dos acessos à Favela Paraisópolis, na região do Morumbi, zona Sul da capital paulista. Segundo informações de policiais da 6ª Companhia do 16º Batalhão, que ainda levaram a vítima para o Pronto-Socorro Municipal do Campo Limpo, onde Gonçalves morreu, o taxista foi encontrado baleado dentro do carro. Como o celular do taxista foi levado, a polícia acredita que João Pedro tenha sido vítima de latrocínio - roubo seguido de morte - praticado possivelmente por um falso passageiro, ou mais de um. O caso está sendo registrado no 89º Distrito Policial, do Portal do Morumbi.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.