Divulgação
Divulgação

Taxista é preso suspeito de matar motorista em Porto Alegre

Crime teria acontecido após uma discussão de trânsito; homem detido negou envolvimento, mas testemunha o reconheceu

Luciano Nagel, Especial para o Estado

18 Janeiro 2016 | 11h32

PORTO ALEGRE - Agentes de Polícia Civil do Rio Grande do Sul prenderem neste domingo, 17, um taxista suspeito de participar do assassinato de um motorista, de 35 anos, após uma discussão no trânsito no último sábado, 16. 

Em depoimento na 6ª Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), o acusado negou o crime. No entanto, uma testemunha, a adolescente de 14 anos que estava junto com a vítima, reconheceu o taxista.

O suspeito, que teve sua identidade preservada, está detido preventivamente no Presídio Central de Porto Alegre. A polícia ainda busca capturar outros três taxistas suspeitos de participar do crime. Dois deles já foram identificados após a perícia nas imagens das câmeras de segurança cedidas pela Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC).

Na madrugada deste sábado, o motorista Geovani Pereira de Melo, de 35 anos, foi morto com dois tiros na cabeça após uma discussão de trânsito com taxistas. O crime aconteceu na Rua Ildelfonso Pinto, no Morro Santa Tereza, zona sul de Porto Alegre. 

Mais conteúdo sobre:
PORTO ALEGRE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.