TCE dá dez dias para gabinete explicar gastos

O conselheiro Eduardo Bittencourt de Carvalho, do Tribunal de Contas do Estado (TCE), intimou Ronaldo Bretas Marzagão, quando ainda secretário da Segurança Publica, para dar explicações, em dez dias, sobre o fato de que seu gabinete, a Administração da Delegacia Geral, o Departamento de Administração e Planejamento, a Academia da Polícia e o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) usaram R$ 250 mil da verba secreta de operações sigilosas. "Há empenhos e repasses para setores que, em princípio, não deviam receber esses recursos, pois não desenvolvem a atividade fim."

Marcelo Godoy, O Estadao de S.Paulo

20 de março de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.