TCU vai fazer auditoria nas contas do 'Sistema S'

O Tribunal de Contas da União (TCU) vai fazer auditorias nas contas das entidades do denominado "Sistema S" - como Sesi, Senac e Sebrae - entre os anos de 2008 e 2010. A medida foi aprovada ontem pelo Senado, atendendo a requerimento do senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO).

Edna Simão e Rosa Costa / BRASÍLIA, O Estado de S.Paulo

31 Agosto 2011 | 00h00

O Sistema S, segundo relatório do TCU, arrecadou R$ 12,7 bilhões no ano passado.

Dentre as entidades que mais recolheram contribuições em 2010 estão o Senai (R$ 2,855 bilhões), o Sesi (R$ 2,845 bilhões) e o Sesc (R$ 2,550 bilhões). No entender de Ataídes trata-se de uma caixa-preta onde há "fortes suspeitas de desvios de recursos, vícios nas licitações e irregularidades na aplicação dos recursos arrecadados pelo sistema".

As auditorias devem abranger os balanços patrimoniais (nacional e regionais); as disponibilidades financeiras de um ano para o outro e as receitas efetivamente arrecadadas nos três últimos anos. O senador quer ainda uma averiguação das despesas das entidades, sobretudo, nas rubricas de publicidade, eventos e comunicação social, além das transferências de recursos às federações e confederações para participação na aquisição de imóveis para uso comum; total das folhas de pagamento e quantidade de pessoas atendidas pelo "Sistema S".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.