Técnico judiciário é assassinado no Rio

O técnico judiciário Rômulo GonçalvesCirieiro, de 45 anos, foi assassinado na porta de casa, na Ilhado Governador, zona norte do Rio, na madrugada de hoje. Segundo apolícia, ele foi morto com um tiro de revólver quando fechava oportão de casa, localizada numa rua de acesso ao Morro doGuarabu. A vítima chegou a ser encaminhada, pelo Corpo deBombeiros, para o Hospital Paulino Werneck, no mesmo bairro, masnão resistiu ao ferimento. O delegado José Pedro, da 37ª Delegacia Policial,informou que ainda não sabe o motivo do crime nem quantaspessoas estão envolvidas. Ele trabalha com as hipóteses detentativa de assalto e vingança. Segundo o delegado, nada foiroubado da vítima.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.