Técnicos apreendem caminhão com obras de arte no RS

Em uma fiscalização de rotina, técnicos da Secretaria da Fazenda do Rio Grande do Sul apreenderam, no final da tarde de quarta-feira, um caminhão com 207 obras de arte no posto fiscal de Guaíba, a 25 quilômetros de Porto Alegre. O supervisor do posto, Carlos Alberto Soares, explicou que o caminhão tinha uma documentação fiscal de mudança no valor de R$ 400 mil, o que chamou a atenção dos fiscais. Ao analisar a carga, descobriram as peças armazenadas em caixas lacradas. Foi acionada uma delegacia especializada em crimes contra o patrimônio histórico em Minas Gerais, disse Soares. Uma hipótese a ser investigada é que a mercadoria seja destinada a contrabando de obras de arte.A origem declarada da carga era São Paulo e seu destino seria Santana do Livramento, na fronteira do Rio Grande do Sul com o Uruguai. Os fiscais fizeram contato com o endereço de destino e confirmaram que a mercadoria não estava sendo esperada no local. O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) foi acionado para avaliar a carga. Técnicos do Iphan fizeram uma análise preliminar da mercadoria, que contém itens de arte sacra, entre outros objetos. Um exame mais detalhado será feito a partir de segunda-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.