Técnicos farão embalsamento

A seguradora da Air France contratou um médico legista de São Paulo e sete técnicos especialistas em embalsamamento para o trabalho nos corpos das vítimas do acidente que forem identificados e liberados.De acordo com o gerente de operações do Morada da Paz em Pernambuco, Guilherme Lithg, cinco técnicos da sua empresa irão trabalhar em conjunto com a equipe de São Paulo. "Os 13 profissionais irão trabalhar em turnos, 24 horas por dia", afirmou.Até o início da noite de ontem, apenas 1 dos 11 corpos identificados havia chegado ao Morada da Paz, no município metropolitano de Paulista. Ele foi levado em um carro da funerária, acompanhado de duas viaturas da PM.Em nota, o comando da operação de buscas, integrado pela Aeronáutica e pela Marinha, informou que ontem "ocorreram apenas avistamentos de supostos destroços da aeronave acidentada, que distam cerca de 1.100 km a nordeste de Fernando de Noronha". A informação foi repassada às corvetas Jaceguai (da Marinha brasileira) e Ventose (da francesa), que estão na região.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.