André Dusek/Estadão
André Dusek/Estadão

Temer chama massacre de 'acidente pavoroso' e internautas reagem

Planalto e página oficial de Temer na rede, que compartilhou trechos do discurso, omitiu essa parte da fala

Daniel Weterman, O Estado de S. Paulo

05 de janeiro de 2017 | 11h35

SÃO PAULO - A fala do presidente Michel Temer classificando o massacre que deixou mais de 50 mortos em Manaus como "acidente pavoroso" começou a repercutir rapidamente nas redes sociais. Antes mesmo de Temer terminar o discurso em Brasília, ao lado dos ministros Eliseu Padilha (Casa civil) e Alexandre de Moraes (Justiça), internautas já criticavam o posicionamento do peemedebista.

Entre as frases de Temer replicadas por veículos de comunicação, a frase do presidente classificando o episódio como "acidente" era a mais comentada no Twitter. O Planalto e a página oficial de Temer na rede, que compartilhou trechos do discurso, omitiu essa parte da fala.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.