André Dusek/Estadão
André Dusek/Estadão

Temer chama massacre de 'acidente pavoroso' e internautas reagem

Planalto e página oficial de Temer na rede, que compartilhou trechos do discurso, omitiu essa parte da fala

Daniel Weterman, O Estado de S. Paulo

05 Janeiro 2017 | 11h35

SÃO PAULO - A fala do presidente Michel Temer classificando o massacre que deixou mais de 50 mortos em Manaus como "acidente pavoroso" começou a repercutir rapidamente nas redes sociais. Antes mesmo de Temer terminar o discurso em Brasília, ao lado dos ministros Eliseu Padilha (Casa civil) e Alexandre de Moraes (Justiça), internautas já criticavam o posicionamento do peemedebista.

Entre as frases de Temer replicadas por veículos de comunicação, a frase do presidente classificando o episódio como "acidente" era a mais comentada no Twitter. O Planalto e a página oficial de Temer na rede, que compartilhou trechos do discurso, omitiu essa parte da fala.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.