Temer concede homenagem a professora morta em tragédia na creche de Janaúba

Ordem Nacional do Mérito, que homenageia exemplos de 'dedicação e serviço ao País', foi concedida a Helley Batista, que salvou boa parte das crianças na escola

Carla Araújo, O Estado de S.Paulo

08 Outubro 2017 | 17h27

BRASÍLIA - O presidente Michel Temer concedeu à professora Helley de Abreu Silva Batista, que morreu no incêndio na creche de Janaúba, em Minas Gerais, a Ordem Nacional do Mérito. "A homenagem é concedida a pessoas que deram exemplos de dedicação e serviço ao País e à sociedade brasileira", escreveu em nota a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República. "Este é o caso da Professora Helley Batista, que sacrificou sua própria vida para salvar a vida de seus alunos, em um gesto de coragem e de heroísmo que emocionou a todos", completou.

Ontem, Temer já havia tuitado sobre a professora afirmando que Helley impediu que a tragédia na creche fosse ainda maior. "Meus sentimentos pelo falecimento da professora Helley de Abreu, que pôs sua própria vida em risco para ajudar as crianças em Janaúba (MG)", escreveu Temer em sua conta no Twiter. "Sua coragem impediu que a tragédia fosse ainda maior. Um ato que não será esquecido pelos brasileiros. Meus pêsames à família de Helley."

A professora ficou conhecida por ter conseguido salvar boa parte das crianças que estavam na creche Gente Inocente e também lutado contra o vigilante Damião Soares dos Santos, de 50 anos, que provocou o incêndio responsável pela morte de 10 pessoas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.