AP Photo/Nelson Antoine
AP Photo/Nelson Antoine

Temer diz que 'certamente será necessário' liberar recurso para SP após desabamento

Presidente afirmou que ligaria para o ministro da Integração Nacional para verificar a assistência necessária

Tânia Monteiro, O Estado de S. Paulo

02 Maio 2018 | 16h08

BRASÍLIA - O presidente Michel Temer disse na tarde desta quarta-feira, 2, que "certamente será necessário" liberar recursos para São Paulo por causa do desabamento do Edifício Wilton Paes de Almeida no centro da cidade neste feriado. "Se for necessário, liberaremos", disse Temer. E em seguida emendou: "Certamente será necessário".

Temer deu a declaração ao chegar ao Itamaraty para almoço em homenagem ao presidente do Suriname, Desiré Delano Bouterse. "O Ministério da Integração (Nacional) está cuidando disso", completou Temer, sem precisar quanto seria o valor do eventual repasse.

Mais tarde, após almoço com o presidente do Suriname, Temer afirmou que ligaria imediatamente ao ministro da Integração Nacional para verificar o auxílio a ser concedido às vítimas. 

++ 'Não me incomodei minimamente', diz Temer sobre hostilidade no local do desabamento

"Vou ligar agora para o ministro da Integração Nacional, com quem eu falei várias vezes ontem, para verificar qual é o auxílio que pode dar porque ele está em contato com a Defesa Civil do Estado, com a Defesa Civil do município. Então, agora eu terei uma notícia dele, mas a ordem é o que for preciso, vamos fazer", declarou. 

O presidente disse que não tinha notícia exata das providências tomadas, mas que ia "verificar com o ministro". Temer emendou: "O que eu determinei foi que desse toda assistência necessária". 

++ Bombeiros confirmam, oficialmente, quatro desaparecidos no desabamento do prédio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.