Fábio Motta/Estadão
Fábio Motta/Estadão

Temer lamenta morte de policiais em queda de helicóptero no Rio

Presidente Michel Temer apoiou o trabalho das forças policiais, que desde a madrugada deste domingo, 20, ocuparam a Cidade de Deus por tempo indeterminado; quatro PMs e sete pessoas da comunidade morreram

Juliana Diógenes, O Estado de S.Paulo

20 Novembro 2016 | 15h36

O presidente Michel Temer lamentou a morte dos quatro policiais militares após queda de um helicóptero na Cidade de Deus, na zona oeste do Rio de Janeiro, por volta das 19h30 deste sábado, 19. A aeronave dava apoio a uma operação realizada na comunidade. Três dos quatro PMs foram velados no Batalhão de Choque nesta tarde.

Em seu perfil no Twitter, Temer prestou solidariedade a amigos e familiares dos policiais mortos. " Lamentável a morte dos 4 PMs que cumpriam o seu dever durante operação no Rio de Janeiro. A minha solidariedade aos familiares e amigos”, declarou Temer na rede social.

O presidente apoiou ainda o trabalho das forças policiais, que desde a madrugada deste domingo, 20, após a morte dos quatro PMs ocuparam a comunidade por tempo indeterminado.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.