Temperatura de outubro em SP é recorde

O calor de outubro é recorde histórico na capital paulista com médias das máximas de 30,8 graus e, das mínimas, de 18,5 graus até as 15 horas desta segunda-feira. Numa prévia realizada pelo meteorologista Édson Borges do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a média das máximas está quase 6graus graus acima do normal no mês: 24,9 graus. As mínimas registram um acréscimo de mais de 3 graus para a média climatológica de 15,2 graus. De acordo com Borges, desde 1943, início da medição oficial das temperaturas pelo Inmet, São Paulo não registrava temperaturas tão altas em outubro. Os recordes anteriores de máximas e mínimas eram de 29,1 graus, em 1944, e 17,7 graus, em 2000.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.