Temperaturas acima da média chegam a 30 graus em SP

A presença de ar quente sobre parte das regiões Sul e Sudeste deixou o tempo aberto com predomínio de sol forte em várias cidades. Na capital paulista, na manhã desta terça-feira, 24, a temperatura máxima chegou a 30 graus, com calor acima da média para o outono. Nesta terça devem haver pancadas de chuva em todo o Estado. Para quarta, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) prevê ainda mais calor, com temperatura média na casa dos 29 graus, e chuva no início da noite. A partir de sexta, o instituto espera uma queda nas temperaturas graças à aproximação de uma frente fria vinda do Sul do País, que deve derrubar os termômetros para os 21 graus no início do feriado prolongado. Sul, Sudeste e Centro-Oeste Em Porto Alegre, as temperaturas estão bem mais altas do que o normal este mês e o volume de chuva está muito abaixo da média. Segundo dados do Inmet, a média das temperaturas mínimas registradas desde o início de abril está mais de 3 graus acima do padrão. A média das temperaturas máximas quase 4 graus acima do normal. O ar frio polar que avança sobre o Rio Grande do Sul nos próximos dias vai resfriar a capital gaúcha. A madrugada de sexta-feira pode ser a mais fria do ano, com temperatura mínima em torno de 12 graus. Nos outros Estados da região Sul e também da região Centro-Oeste, são esperados forte calor e pancadas de chuva nesta tarde. No Rio de Janeiro, a temperatura alcançou os 36° nesta terça. Os cariocas vão poder curtir o sol e calor até a quinta-feira, quando a frente fria deve se aproximar da capital fluminense. Além de chuva, esta frente fria também vai baixar a temperatura no feriado. Norte e Nordeste As Regiões Norte e Nordeste continuam com tempo bem mais instável que o restante do país, com tempo carregado e sujeito a chuva na maior parte do dia, com risco de temporal, no norte do Pará e do Maranhão e no Amapá. Fortes áreas de instabilidade também deixam o tempo carregado e sujeito a várias pancadas de chuva nos extremos leste e norte nordestino. Uma grande massa de ar quente predomina sobre o restante do país.

Agencia Estado,

24 Abril 2007 | 14h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.