Temperaturas caem no RS e fim de semana deve ter geada generalizada

Após chuvas, massa de ar seco e frio chegou ao Estado; no município de Santa Rosa, os termômetros marcaram -0,3ºC 

Lucas Azevedo, Especial para O Estado

25 de julho de 2014 | 12h12

PORTO ALEGRE - A chuva incessante que caiu nos últimos dias no Rio Grande do Sul cedeu lugar a uma intensa massa de ar seco e frio que fez despencarem as temperaturas em todo Estado desde a noite desta quinta-feira, 24. A menor marca registrada nesta sexta-feira, 25, foi -0,3ºC em Santa Rosa, no noroeste gaúcho. A previsão para os próximos dias é de mais frio, com geada generalizada.

Ainda na terça-feira, 22, os meteorologistas alertaram para a possibilidade de neve na serra, o que não ocorreu. Apesar do frio, os turistas que aguardavam para ver os flocos em São José dos Ausentes, nos Campos de Cima da Serra, tiveram que se contentar apenas com os termômetros marcando temperatura próxima a 0ºC.

Conforme a empresa de meteorologia MetSul, as mínimas desta madrugada foram -0,1ºC, na fronteira com a Argentina, e 1ºC, no sul do Estado. Na capital, fez 6ºC.

A sexta-feira é de sol, e as temperaturas não devem ultrapassar os 15ºC à tarde. À noite, esfria ainda mais, e o frio persiste no fim de semana, quando há chances de serem registradas as menores temperaturas do ano em solo gaúcho. Está sendo aguardada geada generalizada - até em bairros de Porto Alegre - e marcas negativas.

Segundo a MetSul, pode fazer até 0ºC na capital. Na serra, os termômetros devem marcar até -3ºC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.