Temperaturas começam a cair em vários Estados

A previsão ontem era de que a madrugada de sábado pudesse ser fria nos Estados do Sul e muitas áreas registrassem até mesmo as menores temperaturas do ano, superando alguns recordes que ocorreram em meados de março, quando uma onda gelada passou sobre a Região Sul. Segundo a Climatempo, a madrugada pode ter sido a mais fria do ano na Grande São Paulo, com temperatura mínima prevista de 14°C. Até agora, o menor valor do ano registrado no Mirante de Santana, na zona norte da capital paulista, foi de 15,3°C em 5 de janeiro, em pleno verão. No primeiro mês do ano, a passagem de uma massa polar mais forte derrubou a temperatura em algumas regiões do País.Em Curitiba, o recorde de frio até agora é de 12,8°C, no mesmo dia 5 de janeiro. A previsão para esta madrugada era de que ficasse em torno de 10°C. Em Florianópolis, o recorde de frio de 2009 é de 15,7ºC no dia 6 de janeiro. Na madrugada deste sábado, a temperatura poderia chegar aos 13°C. Em Porto Alegre, a mais baixa temperatura deste ano foi de 14,1°C em 16 de março. Para hoje, a mínima prevista é de 12°C. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a temperatura mínima, ontem, chegou a 7,8°C em Bom Jesus, na Serra Gaúcha, e em São Joaquim (SC). CHUVATemporal de uma hora, ontem de manhã, provocou alagamentos e transtornos em Salvador. A Defesa Civil registrou 14 ocorrências. Dois muros desabaram, houve deslizamento de terra e sete pontos de alagamento foram registrados, mas nenhum incidente teve vítimas.Em Rio Branco, o nível do Rio Acre não para de subir por causa da chuva, ameaçando várias regiões da capital. A Defesa Civil do Estado já tirou 37 famílias de locais que correm risco de alagamento. De acordo com o Inmet, o total acumulado de chuva desde o início do mês até quinta-feira em Rio Branco estava 52% acima da média.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.