Temperaturas estão 6 graus acima da média em SP

Durante esta semana de calor intenso, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) registrou em São Paulo temperaturas 6°C acima da média do mês. Na capital, os dias tiveram temperaturas médias de 33°C, quando o esperado era de 27°C. As madrugadas também têm sido mais quentes. A média de 18 °C prevista para o mês foi superada pelo registro de temperaturas acima dos 22°C.Ontem, por volta das 15 horas, o instituto registrou 32,7°C no Mirante de Santana, zona norte. E a umidade diminuiu. Por volta das 16h, o Inmet registrou umidade relativa do ar de 37%. O índice está dentro do recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), mas levou a Secretaria Nacional da Defesa Civil a emitir alerta ao Estado de São Paulo. Segundo meteorologistas do Centro de Gerenciamento de Emergências, a baixa umidade do ar ajuda a diminuir a sensação de desconforto causada pelo calor. Mesmo assim, a recomendação é para que as pessoas evitem realizar exercícios físicos ao ar livre, principalmente nos horários de maior incidência solar. Segundo a Climatempo, um ciclone extratropical que se formou entre o Uruguai e o Rio Grande do Sul, associado a uma frente fria, avança pelo Sul e, hoje, provoca ventos fortes e grandes ondas pela costa sul e sudeste. Segundo a empresa de meteorologia, as ondas podem chegar a 2 metros em praias do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. Em São Paulo e no Rio, o fim de semana terá ondas que podem chegar a 1,5 metro. A Climatempo informou que a frente fria que chega ao litoral paulista hoje vai aumentar as condições de chuva na capital a partir da tarde. "Pode até chover forte em algumas áreas do Estado, como a Grande São Paulo, mas a temperatura continua alta como nos últimos dias", avisa a meteorologista Josélia Pegorim. No fim de semana, a frente fria passa pelo litoral do Rio, se afastando para o mar. "A sensação de calor será grande no fim de semana." COLABORARAM FABIO M. MICHEL e FABIANA MARCHEZI

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.