Tempestade deixa Franca sem água por uma semana

As fortes chuvas que atingiram Franca no domingo estão provocando o desabastecimento de água na cidade, que deve ficar prejudicada por uma semana. A inundação dos rios Canoas e Pouso Alegre danificaram os motores das bombas de sucção da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) que abastece Franca e cidades da região. O prefeito Sidnei Rocha (PSDB) decretou situação de emergência na cidade. "Foi um desastre violento", disse o prefeito.O superintendente da Sabesp, João Batista Comparini, afirmou que a situação é gravíssima. Nesta segunda, apenas 10% da cidade está abastecida. A Sabesp promete para quarta-feira a normalização de 50% do abastecimento. O restante só deve ser normalizado na próxima segunda-feira, dia 29. As bombas danificadas, com peso de sete toneladas cada, foram levadas para São Paulo para manutenção.DesabastecimentoO governador José Serra (PSDB) visitou a cidade nesta segunda-feira, viu fotos dos equipamentos danificados e prometeu ajuda. Mas antes quer um levantamento da situação. "Vim a Franca porque percebi a gravidade da situação", disse Serra em entrevista coletiva. Ele prometeu canalizar recursos para infra-estrutura, já que a tempestade danificou ruas e praças.O chefe da Defesa Civil estadual, coronel Miguel Libório permanece em Franca esta semana para coordenar o levantamento da situação. Houve pontos de alagamentos em vários locais da cidade e cerca de 30 imóveis ficaram danificados, incluindo o pronto-socorro Central.Pelo decreto do prefeito, estão suspensas as atividades em escolas e creches. O uso de água para lavar veículos e calçadas e irrigação de jardins também está proibido. O prefeito determinou que pessoas ou empresas que tenham poço artesiano ajudem no abastecimento. Uma indústria de refrigerantes suspendeu a produção por uma semana para fornecer água para a população. Vinte e oito caminhões-pipa levam água para os habitantes.Mesmo com o esforço concentrado de abastecimento, falta água mineral na cidade e o preço do galão de 20 litros saltou de R$ 4,00 no domingo para até R$ 20 nesta segunda. Com 328 mil habitantes, Franca consome cerca de 70 milhões de litros de água por dia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.