Temporais causam estragos em oito cidades de SC

Segundo Defesa Civil, chuva está diminuindo e o alerta se volta para a ressaca do mar, principalmente do litoral que vai de Florianópolis a Passo de Torres

Solange Spigliatti, do estadão.com.br

12 de maio de 2010 | 13h43

SÃO PAULO - Pelo menos oito cidades de Santa Catarina foram afetadas pelos vendavais e temporais que atingiram o Estado nesta terça-feira, 12, provocando enxurradas e alagamentos, informou a Defesa Civil. Em Anitápolis, várias residências foram soterradas e uma casa foi levada pela correnteza do rio. Há uma pessoa desaparecida. A cidade está com os serviços de energia, água e comunicação prejudicados. Em Imaruí, o vendaval destelhou o prédio da prefeitura. No município de Tubarão, o rio está em nível de alerta.

O município de Criciúma registrou alagamentos e deslizamento de terra. Uma família foi levada para um abrigo. Várias casas estão embaixo d''água e moradores recebem o auxílio dos bombeiros. A enxurrada deixou a cidade de São Bonifácio isolada. As aulas foram interrompidas e 500 crianças ficaram sem ir para a escola. Uma ponte caiu no trecho da Rodovia SC-431, sentido sul, a 10 quilômetros do centro.

A cidade de Timbé do Sul está com 11 comunidades isoladas e 1.500 alunos sem aula. Araranguá está em alerta com a subida do nível da água do rio e o risco de ressaca no mar, que tem ondas de 2 a 3 metros. Em Forquilhinha, a equipe da Defesa Civil está auxiliando a comunidade.

Tempo

Segundo a Defesa Civil Estadual, a chuva está diminuindo e o alerta se volta para a ressaca do mar, principalmente do litoral que vai de Florianópolis a Passo de Torres. Atividades de pesca e navegações estão desaconselhadas por causa da forte agitação marítima.

Nas próximas 6 horas podem ocorrer chuva e raios na região de Criciúma e Tubarão. No fim da tarde e à noite, a chuva deve ser mais intensa devido ao sistema de baixa pressão no litoral sul do Estado. Os ventos de sudeste/sudoeste serão intensos, com rajadas de 50 a 70 quilômetros por hora nas regiões de Lages, Criciúma e Tubarão.

Hoje e na madrugada de amanhã o tempo continua instável com mais nebulosidade do planalto ao litoral catarinense, com chuva persistente na região do planalto sul, do litoral sul e no sul da Grande Florianópolis.

Tudo o que sabemos sobre:
chuvaSCestragoscidades

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.