Temporais retornam ao RS com possibilidade de granizo até o fim de semana

Previsão nesta quarta é de muita nebulosidade, chuva forte, vento, granizo e grande quantidade de raios

Lucas Azevedo, Especial para o Estado

22 Outubro 2013 | 16h44

PORTO ALEGRE - Assim como registrado na segunda-feira, 21, esta quarta promete muita nebulosidade, chuva forte, vento, granizo e grande quantidade de raios no Rio Grande do Sul. Algumas regiões gaúchas, especialmente a noroeste, ainda se recuperam dos estragos causados pelos temporais do início da semana, que chegaram a deixar 115 mil clientes sem luz.

Na tarde desta terça, 18 mil ainda estavam às escuras especialmente na cidade de Santa Rosa. Foram registrados também estragos em residências, como telhados danificados. Mas conforme a Defesa Civil Estadual, não houve nenhum caso grave.

O tempo começa a virar no Estado na tarde desta terça-feira, 22. No final do dia, nuvens carregadas devem começar a aparecer de forma localizada na metade norte com chuva isolada, raios e até granizo. "A instabilidade 'explode' mesmo sobre o RS na madrugada e manhã desta quarta-feira com chuva localmente forte a torrencial e muitos temporais pelo Estado. Há alta probabilidade de vendavais, granizo e uma alta incidência de raios", alerta o meteorologista Luiz Fernando Nachtigall, da MetSul Meteorologia.

Segundo o especialista, alguns dos temporais podem ser de potencial destrutivo, por vento forte ou granizo de maior tamanho. As áreas com maior risco de isso ocorrer são o centro, o oeste e o norte gaúchos. A chuva se apresenta em volumes muito altos e em intervalos curtos, podendo causar alagamentos em Porto Alegre.

Já na quinta-feira, 24, uma massa de ar frio avança pelo sul, se encontrando com o ar quente, o que fará com que a forte instabilidade perdure, especialmente no centro e norte gaúchos. Na sexta, o sol volta a aparecer, mas por pouco tempo. Para o sábado, é esperado um sistema de baixa pressão, que será o responsável por mais temporais com chuva forte a torrencial, vendavais e granizo.

Mais conteúdo sobre:
rio grande do sul temporais

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.