Temporais voltam a atingir o Sul do Brasil nesta semana

Nível dos rios ainda está alto e a chuva dos próximos dias deve causar novos transbordamentos

Solange Spigliatti, da Central de Notícias,

16 de setembro de 2009 | 08h14

Os temporais voltam a atingir o Sul do Brasil, com a passagem de duas frentes frias até o fim da semana, trazendo a chuva forte. A primeira chega ao Rio Grande do Sul nesta quarta-feira, 16, segundo previsão da Climatempo.

 

Veja também:

link Após 2 dias de sol, RS ainda tem 2,7 mil desabrigados

link Santa Catarina registra 71 municípios em estado de emergência

mais imagens Imagens da chuva e do caos em SP na terça passada

mais imagens Imagens do dia seguinte do caos

 

A chuva deu uma trégua na segunda e na terça no Sul do país, mas os temporais estão voltando. Quase todo o Paraná ainda poderá contar com sol até a sexta-feira, porém as pancadas de chuva voltam a ocorrer já nesta quarta-feira, especialmente no oeste do Estado, maior região produtora de trigo.

 

No Rio Grande do Sul e Santa Catarina, os problemas tendem a aumentar. Uma nova frente fria chega ao Rio Grande do Sul nesta quarta-feira e um segundo sistema já está sendo esperado entre a sexta-feira e o sábado. A passagem destas duas frentes frias vai provocar muita chuva nos dois estados. Os temporais poderão atingir as áreas que já foram alagadas com o grande volume de chuva acumulado na semana passada.

 

A situação é crítica nos dois estados, pois embora a chuva tenha parado, não houve tempo suficiente para que os rios baixassem para níveis seguros antes de receberem novas precipitações. O nível dos rios ainda está alto e a chuva dos próximos dias deve ser volumosa o suficiente para causar novos eventos de transbordamento.

 

Até a sexta-feira, um grande volume de chuva está sendo esperado sobre o Rio Uruguai, que faz fronteira do Rio Grande do Sul com a Argentina, e novos transbordamentos devem ser observados até o fim da semana. Estimativas indicam que até o dia 21 de setembro, pode chover mais de 100 milímetros em vários trechos do rio, dentre eles a região de Uruguaiana e de São Borja.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.