LEO MUNHOZ/Agência RBS
LEO MUNHOZ/Agência RBS

Temporal causa segunda morte em Santa Catarina

Defesa Civil confirmou morte de agricultor em São Carlos; primeira vítima foi uma criança de sete anos atingida por uma árvore

Luisa Pinheiro, O Estado de S.Paulo

18 Outubro 2016 | 20h43

A Defesa Civil de Santa Catarina confirmou a segunda morte relacionada ao temporal que atinge o Estado desde o domingo, 16. Um agricultor de 26 anos morreu na segunda-feira, 17, após ser atingido por um raio em São Carlos, a 595 km de Florianópolis. 

A prefeitura de Tubarão, na região Sul de Santa Catarina, decretou situação de emergência. Com a tempestade, 20 pessoas ficaram feridas. No domingo, uma criança de sete anos morreu após ter sido atingida pela queda de uma árvore na cidade. O temporal causou estragos em 47 municípios catarinenses. 

Em Friburgo, uma chuva de granizo por cinco minutos na tarde desta terça-feira, 18, danificou os telhados de 500 casas. 

Segundo um alerta da Defesa Civil, há risco de temporais isolados, rajadas fortes de vento e granizo até a quinta-feira, 20. 

Praia. No litoral, carros foram arrastados por grandes ondas, em um fenômeno que foi definido pela Defesa Civil como tsunami meteorológico. Duas pessoas tiveram que ser socorridas de dentro de um automóvel que foi carregado pelas águas. A Defesa Civil está entregando lonas para famílias que tiveram danos em suas residências.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.