Temporal com granizo causa estragos em Sorocaba

Um temporal derrubou pelo menos 18 árvores e causou estragos em Sorocaba, a 92 quilômetros de São Paulo, no final da noite de segunda-feira, 12. A chuva, acompanhada de ventos e granizo, arrancou a cobertura de um posto de gasolina e lançou a estrutura metálica de um depósito sobre a pista, na Avenida São Paulo, região do Além-Ponte. A força do vento também derrubou placas de publicidade e entortou semáforos. Uma palmeira real com mais de 20 metros caiu sobre uma residência no Jardim Piratininga. Outra casa e um automóvel foram atingidos pela queda de troncos na Vila Hortência, mas ninguém se feriu. Árvores caíram também sobre a fiação elétrica, deixando cinco bairros sem energia. Houve interdição de ruas e alagamento de casas na Vila Rica. Uma paineira centenária que deu nome ao bairro Árvore Grande não resistiu à força do vento e seu tronco rachou. A prefeitura e o Corpo de Bombeiros mobilizaram equipes para desobstruir as ruas.

Agencia Estado,

13 de março de 2007 | 16h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.