Temporal deixa Santos e São Vicente em estado de atenção

Os morros de Santos e São Vicente estão em estado de atenção por causa do temporal que caiu esta sexta-feira pela manhã na região. Segundo a comissão de defesa civil das duas cidades, houve pequenos deslizamentos de encostas, mas sem gravidade. Em São Vicente, um muro caiu em cima de duas casas, que foram interditadas. Os moradores não sofreram ferimentos.A chuva começou forte, por volta das 9 horas, e ao meio-dia o índice pluviométrico atingiu 119 milímetros. Depois, ela perdeu a intensidade, mas não a persistência e até as 15 horas o acumulado era de 142,8 milímetros. Segundo o presidente da Comissão de Defesa Civil de Santos, Luís Marcos Albino, a chuva veio do interior em direção ao litoral norte e foi muito intensa. Tanto que o estado de atenção é decretado quando o índice pluviométrico atinge 100 milímetros num período de três dias. "Foram necessárias poucas horas para ultrapassar esse número", comentou.Em Santos, os bairros mais atingidos foram os da Zona Noroeste e os morros. Houve alagamentos e oito chamadas para atender a pequenos escorregões nas encostas, todos os casos sem gravidade. Já em São Vicente um casal de idosos teve de ser retirado de sua casa e encaminhado a uma casa de passagem até que a situação normalizasse. Nos morros dos Barbosas e Parque Prainha houve pequenos deslizamentos de terra. Bairros como a Cidade Náutica, Vila Margarida, Parque Beira-Mar, Bitaru e Parque São Vicente sofreram fortes alagamentos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.