Temporal deixa um morto e outro desaparecido em Curitiba

Uma pessoa morreu e outra estava desaparecida até a tarde desta sexta-feira, 16, em razão das fortes chuvas que caíram sobre Curitiba no início da noite de quinta-feira. Aproximadamente 110 pessoas foram obrigadas a deixar as casas e tiveram que passar a noite em abrigos públicos.Segundo a Defesa Civil, a princípio houve duas ocorrências, uma próxima da outra, no Córrego Formosa, afluente do Rio Barigüi, no Bairro Fazendinha, região sul de Curitiba. No primeiro, um Corsa foi tragado pelas águas que subiram rapidamente sobre uma ponte.Um motoqueiro percebeu o que estava acontecendo e chamou policiais que estavam na proximidade. Eles conseguiram tirar o motorista do carro, Tomihide Suguy, de 77 anos, mas sua esposa, Marta Maria Suguy, de 69 anos, ficou desmaiada.O carro foi levado pela correnteza e encontrado a cerca de dois quilômetros quatro horas depois. A mulher tinha desaparecido. Ainda segundo a Defesa Civil, em outro ponto do mesmo rio, as águas teriam arrastado o pedreiro João Carlos de Lima, de 36 anos. O corpo foi encontrado no início da tarde desta sexta, boiando em um rio a aproximadamente dois quilômetros. Como Tomihide está internado no Hospital Trabalhador, em estado de choque, ainda não se tem informações precisas do que aconteceu. Não está descartada a possibilidade de o pedreiro ter pegado uma carona no carro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.