Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Temporal deixa uma pessoa morta no litoral de São Paulo

Vítima foi atingida por uma árvore em São Vicente, na Baixada Santista. Em São Paulo, Corpo de Bombeiros registrou 104 quedas de árvores, além de duas enchentes e três desabamentos

Redação, O Estado de S.Paulo

29 de abril de 2019 | 08h07

SÃO PAULO - Uma pessoa morreu no temporal que atingiu a Baixada Santista neste domingo, 28. Segundo o Corpo de Bombeiros, uma árvore caiu sob duas vítimas em São Vicente, mas apenas uma foi socorrida a tempo pelo SAMU. 

As maiores ocorrências foram registradas em Santos, onde as rajadas de vento chegaram a 150 km/h. De acordo com a Defesa Civil, houve 31 quedas de árvore até às 5h30. Nesta segunda, 29, a cidade sofre com interdições no trânsito devido à falta de energia elétrica.

As chuvas que caíram no domingo também atingiram São Paulo. A cidade ficou em estado de atenção para alagamentos, segundo Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE). A aproximação de uma frente fria à capital paulista ocasionou pancadas isoladas com forte intensidade no Campo LimpoSanto Amaro, na Zona Sul, e em pontos isolados do Grande ABC, Itapecerica da Serra e Vargem Grande Paulista

Por conta das chuvas, uma árvore caiu em Pinheiros, bloqueando a rua Dr. Manoel Carlos F. de Almeida, e um poste caiu no cruzamento da Av. Interlagos com a Av. Yervant Kissajikian, segundo a SPTrans.

Para os próximos dias, deve predominar o céu nublado e não há expectativa de chuvas significativas na Capital, segundo a CGE. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.