Temporal derruba casas e afunda barcos em Salvador

Fortes chuvas acompanhadas de rajadas de vento que atingiram 55 quilômetros por hora provocaram medo e destruição na madrugada e manhã de hoje na capital baiana. Até a tarde de hoje a Defesa Civil havia registrado 15 ocorrências, entre elas o desabamento de duas casas nos bairros periféricos de Fazenda Grande e Alto do Cabrito, mas sem vítimas.Três colônias de pescadores de Salvador informaram que três barcos que zarparam ontem à tarde para pescar e deveriam retornar na manhã de hoje não apareceram. As embarcações devem ter sido surpreendidas pelo temporal em alto-mar. Outro grupo de pescadores que seguia da costa norte do Estado para o litoral sul da Bahia tiveram de desistir por causa do mau tempo. Conseguiram alcançar a Praia de Itapuã na manhã de hoje, escapando da tormenta.Na Colônia de Pesca do Bairro do Rio Vermelho, a mais conhecida da cidade por ser o cenário da Festa de Iemanjá, no dia 2 de fevereiro, dez barcos fundeados na pequena enseada afundaram por causa das fortes ondas. Outros três foram salvos, puxados para a areia com o auxílio de cordas, pelos pescadores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.