Ricardo Daneluz
Ricardo Daneluz

Temporal mata três pessoas no Rio Grande do Sul

136 municípios já foram afetados pelas cheias; adolescente morreu após ser atingido por um raio em Liberato Salzano

Luciano Nagel, Especial para O Estado

08 de junho de 2017 | 12h51

PORTO ALEGRE - O forte temporal ocorrido na madrugada desta quinta-feira, 8, deixou ao menos três mortos no Rio Grande do Sul, além de destelhar centenas de residências.

Em Porto Alegre, no bairro São José, uma mulher morreu soterrada após um deslizamento de terra atingir sua residência às margens de um arroio. A identidade da vítima ainda não foi divulgada. De acordo com a Brigada Militar, outra mulher que estava na casa foi socorrida com ferimentos leves. 

Já em Caxias do Sul, no distrito de Vila Oliva, uma idosa morreu após desabamento de uma casa. A vítima foi identificada como Valdina Bertin, de 79 anos. Mais de 100 residências do município foram danificadas com os fortes ventos e chuvas. As informações são do Corpo de Bombeiros. 

Na região norte do Estado, no município de Liberato Salzano, a Defesa Civil confirmou nesta manhã a morte de um adolescente de 17 anos que foi atingido por um raio. De acordo com o órgão estadual, 136 municípios já foram afetados pelas cheias, desabrigando e desalojando mais de duas mil famílias. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.