Twitter/@subinotrem
Twitter/@subinotrem

Temporal provoca alagamentos e uma morte em Belo Horizonte

Homem de 73 anos morreu após desabamento de muro e duas pessoas ficaram feridas; carros foram arrastados pela enxurrada e houve queda de árvores

Ludimila Honorato, O Estado de S.Paulo

26 Fevereiro 2018 | 06h26

SÃO PAULO - Uma forte chuva atingiu o município de Belo Horizonte, Minas Gerais, e cidades da Região Metropolitana na tarde deste sábado, 24, provocando alagamentos em vários pontos. Um homem morreu e duas pessoas ficaram feridas após o muro de uma casa desabar.

+ Rio de Janeiro volta ao estado de normalidade após chuva

Segundo a Defesa Civil, Hélio de Oliveira Lopes, de 73 anos, morreu quando o muro da casa desabou no bairro Coqueiros, na região noroeste da capital mineira, a mais atingida. Duas adolescentes ficaram feridas e foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros.

+ Cidades do Mato Grosso do Sul realizam força tarefa para ajudar vítimas das fortes chuvas

O temporal também derrubou árvores e carros foram arrastados pela enxurrada. Os pontos mais críticos foram nas Avenidas Cristiano Machado e Bernardo Vasconcelos. Nas redes sociais, um internauta registrou a quantidade de água no bairro.

Em Betim, Região Metropolitana de Belo Horizonte, a prefeitura informou que duas bacias de detenção transbordaram devido à chuva nas regiões do Alterosas e do Imbiruçu. Grandes árvores caíram e equipes atuam na desobstrução das vias.

Escolas da rede municipal de ensino também foram afetadas pela chuva na cidade. Na escola Municipal Gilberto Alves, um muro foi danificado e, por isso, nesta segunda-feira, 26, as aulas estão suspensas para reparos. Na terça, 27, as atividades voltam ao normal.

A Defesa Civil de Belo Horizonte informou que o céu amanheceu nublado nesta segunda-feira e há baixa possibilidade de chuva na capital.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.