Tenente-coronel da PM-RJ mantém denúncia sobre secretário

O tenente-coronel Erir Ribeiro da Costa Filho, ex-comandante do 4.º Batalhão da PM do Rio de Janeiro, está na chefia de Polícia Civil e afirmou que vai ratificar em depoimento sua denúncia de que o secretário estadual de Esportes, Francisco de Carvalho, o Chiquinho da Mangueira, havia pedido uma trégua no policiamento do Morro da Mangueira. O advogado do tenente-coronel, Aloísio Gonzaga, disse que não há estratégia de defesa definida porque ele "não cometeu crime algum, apenas comunicou um fato e pediu providências".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.