Tenor italiano leva 25 mil ao Parque da Independência

Nem o frio nem a chuva fina que caiu no feriado de Tiradentes na capital tiraram a disposição das quase 25 mil pessoas que foram conferir ontem à tarde o show do tenor italiano Andrea Bocelli. O palco foi montado no Parque da Independência, no Ipiranga, zona sul. Apesar do espaço amplo, não houve lugar para todo mundo.No repertório de Bocelli estavam, além de árias de óperas (de Verdi, Puccini...), faixas de seu novo trabalho, Incanto, com cuja turnê o artista comemora seus 50 anos de idade. O disco foi dedicado ao amor, com interpretações de clássicos eternizados por outros tenores italianos, como Caruso e Pavarotti.Bocelli cantou, entre outras, Un Amore Cosi Grande e Funiculi Funicula e foi acompanhado pela soprano Olivia Gorra, pelo barítono Gianfranco Montresor, pelo flautista Andrea Griminelli, pelo Coro Philarmonia e Orquestra Sinfônica do Paraná. Tudo sob a regência de Eugene Kohn. Toquinho e Ivete Sangalo subiram ao palco para participações especiais em Aquarela (em sotaque italianíssimo) e Garota de Ipanema.Capa, guarda-chuva, cachecol e casacão. O figurino invernal foi providencial para aqueles que foram ao Parque da Independência. São Paulo registrou a segunda tarde mais fria do ano, segundo a Climatempo. Às 15 horas, a estação do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) no Mirante de Santana, zona norte, registrou 20,3°C. O recorde foi em 5 de janeiro (em pleno verão), com 19,6°C.A mudança no tempo resulta da passagem de uma frente fria. O sol reaparece na capital hoje, mas entre nuvens. NÚMEROS10 milpessoas, segundo a Prefeitura de São Paulo, não conseguiram assistir ao espetáculo, no Ipiranga50 anostem o tenor italiano, que festeja o aniversário com essa turnê, em que destaca o trabalho mais recente, com interpretações de clássicos de Caruso e Pavarotti20,3 grausforam registrados às 15 horas

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.