Tentativa de assalto a carro-forte faz um morto no Rio

Um vigilante morreu e dois ficaram feridos no início da noite de segunda-feira durante uma tentativa de assalto a um carro-forte, no pátio do Centro Administrativo da prefeitura do Rio, no centro da cidade. Um ladrão também foi ferido. Quatro homens armados com pistola atacaram o veículo da empresa Transvip, que abasteceria caixas eletrônicos no andar térreo do prédio. O vigilante João Felipe Januário, de 34 anos, que carregava o malote de dinheiro foi baleado no pescoço e morreu na hora. Os agentes de segurança Luiz Claudio de Andrade Burgo, de 30 anos, e Valdecir Ribeiro Costa, de 25, foram atingidos nas pernas e passam bem. Já o assaltante Marcelo Silva de Oliveira, de 30 anos, ferido no tórax, no braço e na perna, está em estado grave. Os três últimos estão internados no Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro. Os outros três ladrões fugiram, sem levar o dinheiro. Um helicóptero da Polícia Civil foi usado nas buscas aos bandidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.