Tentativa de assalto deixa um ferido na zona sul de SP

Uma tentativa de assalto à uma agência do Bradesco na Avenida Cidade Jardim, na zona sul de São Paulo, deixou ferido na tarde desta quinta-feira Gontijo Jorjan Veríssimo, 38 anos. De acordo com as primeiras informações da Polícia Civil, por volta das 16h30, três bandidos não conseguiram invadir o banco e acabaram rendendo um homem que saía do Empório Santa Rita, que fica ao lado da agência. A vítima levou um tiro na nuca, teve o carro roubado e foi encaminhado a um hospital da região. Os bandidos fugiram, mas o veículo foi abandonado perto da Marginal do Pinheiros. O caso será encaminhado ao 15º Distrito Policial.Este foi o segundo caso da tarde na capital paulista e o terceiro desde quarta-feira. O policial federal Wagner Romano foi baleado ao reagir a um assalto quando saía de uma agência bancária na Rua Coronel Meireles, na Penha, zona leste de São Paulo, na manhã desta quinta.Segundo informações da Polícia Federal, Romano é agente da delegacia da Corregedoria da PF e foi atingido por quatro tiros no abdome, disparados por dois bandidos, que fugiram em uma moto. Um deles acabou sendo perseguido e preso. O policial foi encaminhado a um hospital da região e, segundo a PF, seu estado de saúde é estável. Tiroteio em MoemaNa quarta-feira, 28, pelo menos seis pessoas ficaram feridas no tiroteio iniciado após assalto na agência do Itaú, na Avenida Ibirapuera, em Moema, na zona sul de São Paulo. Três foram vítimas de balas perdidas. Uma delas é a garota Priscila Artigo, de 13 anos, que continua internada na UTI do Hospital Alvorada Moema. A jovem teve lesões na medula e no rim e corre risco de ficar paraplégica.Por volta das 16 horas, a quadrilha dominou a agência bancária. Os ladrões reuniam o dinheiro quando um homem de terno preto entrou no banco e caminhou em direção aos caixas eletrônicos. Viu e foi visto por um dos bandidos. O homem hesitou um instante, mas logo compreendeu o que se passava e sacou sua arma. Foi quando começou o tiroteio.Até a meia-noite de quarta-feira, 28, a polícia havia encontrado apenas um dos suspeitos de participar do assalto. O homem foi encontrado às 18 horas no Hospital Geral Pirajuçara, em Embu, baleado com nove tiros. Pelo menos oito suspeitos continuavam foragidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.