Tentativa de assalto provoca capotamento

O presidente administrativo da Escola de Samba Acadêmicos do Grande Rio, Hélio Ribeiro de Oliveira, sofreu uma tentativa de assalto na tarde deste sábado, quando dirigia seu veículo, uma Blazer, em Parada de Lucas, na zona norte do Rio, segundo o advogado da agremiação, Anilton Ribeiro.?Não foi nada demais. Tentaram roubar o carro, e, quando o Hélio acelerou para fugir, bateu em um ônibus e em um poste?, afirmou Ribeiro.Motos, carro e fuzisSegundo Ribeiro, o presidente da Grande Rio se dirigia ao barracão da escola, que fica na zona portuária da cidade, quando foi atacado por seis homens armados por fuzis (dois em uma moto e quatro em um carro).Para fugir, ele acelerou o veículo, que bateu e capotou por várias vezes. Depois do acidente, os supostos assaltantes fugiram sem nada roubar. O advogado descartou a possibilidade de o ataque ter sido uma tentativa de assassinato. ?Não foi nada grave. Tanto é que nem registramos queixa na delegacia?, minimizou Ribeiro.Ferimentos leves?Só fizemos o registro no local com os PMs (policiais militares).? Apesar do acidente, o presidente da Grande Rio não foi hospitalizado, pois sofreu ferimentos leves, além de luxações no ombro direito e costelas. Oliveira estava neste sábado no Sambódromo, cuidando dos últimos preparativos para o desfile da agremiação.A previsão era a de que a escola fosse a quarta a entrar na avenida Marquês de Sapucaí neste domingo, no primeiro dia de desfile do Grupo Especial.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.