Tentativa de resgate acaba com uma pessoa morta no Jaçanã

A tentativa de resgate de um preso em um hospital do Jaçanã, na zona norte de São Paulo, terminou com tiroteio entre os bandidos e policiais militares do 43º Batalhão na madrugada desta segunda-feira. Um dos homens que tentava o resgate acabou morrendo e outras seis pessoas foram presas.O criminoso morto integrava uma quadrilha que tentou resgatar um detento que estava internado no Hospital São Luiz Gonzaga. Os bandidos chegaram em pelo menos dois veículos e trocaram tiros com os PMs na entrada do pronto-socorro.Com a chegada de reforços, um dos suspeitos acabou baleado e morto e pelo menos seis acabaram detidos. Segundo as primeiras informações, nenhum dos PMs ou funcionários do hospital ficaram feridos no tiroteio. A polícia ainda não quis divulgar até o momento informações sobre o detento alvo da tentativa de resgatePerseguiçãoUm policial militar do 43º batalhão morreu, com um tiro no peito, durante uma perseguição a uma Parati na Rodovia Presidente Dutra, na divisa entre a capital e a cidade de Guarulhos, também na madrugada desta segunda-feira. Mesmo encaminhado ao pronto-socorro do Hospital Nipo-brasileiro, o soldado Fernando Santos Oliveira, não resistiu aos ferimentos e morreu. A troca de tiros, segundo a PM, teria ocorrido na altura do quilômetro 226, próximo ao Shopping Internacional.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.