AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Termina a greve dos agentes penitenciários de São Paulo

O Sindicato dos Funcionários do Sistema Prisional do Estado de São Paulo (SIFUSPESP) decidiu nesta quinta à noite suspender temporariamente a greve dos agentes penitenciários nos presídios de São Paulo. A decisão foi tomada durante assembléias regionais realizadas para avaliação do movimento grevista.Os agentes da escala noturna começaram a retornar ao trabalho no final da noite. Os funcionários, no entanto, devem manter o "estado de greve" até a próxima semana, quando o projeto que concede uma gratificação para os agentes será colocado na pauta de votação da Assembléia Legislativa do Estado.Persistiam dúvidas sobre a suspensão da greve nas oito unidades prisionais em que o movimento foi deflagrado pelo Sindicato dos Agentes Penitenciários do Estado de São Paulo (SINDASP). Representantes do sindicato condicionaram a suspensão a uma consulta aos agentes que será feita somente na manhã de hoje. No último balanço, feito durante as assembléias, foi confirmada pelo SIFUSPESP a paralisação parcial de 51 prisões.

Agencia Estado,

25 de maio de 2006 | 22h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.