Termina a rebelião em Pirajuí

Já terminou a rebelião dos presos da Penitenciária 2 de Pirajuí. Pouco depois das 10 horas da manhã a tropa com 150 homens da Polícia Militar entrou no pátio, motivando a reação dos detentos, que queimaram colchões. Logo depois, num processo de negociação, os amotinados decidiram libertar os 147 visitantes e nove funcionários que eram mantidos como reféns. Durante a rebelião um preso cujo nome ainda não foi informado, foi morto e decapitado. Agora os policiais participam de um revista e os reféns aguardam transporte para retornarem às suas casas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.