Termina implosão de vigas da ponte Eusebio Matoso

Oitenta homens da Prefeitura e de empresas contratadas trabalharam durante todo o dia de hoje para implodir cinco das 17 vigas da ponte Eusebio Matoso, danificada por um caminhão na tarde da última quinta-feira. Ao todo, 25 quilos de dinamite foram usados para fazer o serviço. Pouco antes da operação, inicialmente marcada para às 17h30, o congestionamento na Marginal Pinheiros chegou a dois quilômetros. Após a implosão, que começou com uma hora de atraso, a ponte teve o tráfego parcialmente liberado. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), a pista local da Marginal Pinheiros será liberada já neste sábado, mas a pista expressa só será entregue aos veículos amanhã, por volta das 15 horas, por questões de segurança. As obras para recuperação total da ponte devem durar seis meses.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.