Termina neste sábado a temporada de dias mais longos

Para paulistanos, o fim do horário de verão significará uma hora a mais para usar os transportes públicos

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

15 de fevereiro de 2008 | 14h57

Depois de 126 dias de tardes mais longas, o horário de verão termina à meia-noite deste sábado, 16. Quem vive em um dos dez estados cujo o horário foi adotado (Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, na região Sul; São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais, no Sudeste; Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás, e Centro-Oeste; e o Distrito Federal) terá de atrasar o relógio em uma hora.   Para os paulistanos, a volta ao horário normal, no sábado, significará uma hora a mais para usar os transportes públicos. Todos os ônibus, trens ou metrôs que estiverem em circulação à meia-noite terão de estender o funcionamento por mais uma hora. Os ônibus que param de circular antes da meia-noite sofrerão alterações.   Em outubro de 2007, quando teve início o horário, o governo federal tinha como meta economizar 2 mil megawatts. No ano passado, foram poupados 1,9 mil megawatts, abaixo dos 2,5 mil do verão de 2005. A economia de energia ocorre principalmente porque, neste período, a iluminação pública começa a ser utilizada uma hora mais tarde.

Tudo o que sabemos sobre:
horário de verão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.