Termina rebelião de presas em São Paulo

A rebelião das detentas do presídio Dacar 4, no Cadeião de Pinheiros, em São Paulo, terminou de forma pacífica no final da tarde deste domingo. Elas reclamavam de superlotação e muitas alegavam já ter cumprido a pena, exigindo portanto ganhar a liberdade. As detentas chegaram a atear fogo em colchões para impedir a entrada dos policiais, mas não houve feridos, segundo informações do Grupo de Operações Especiais (GOE). A rebelião envolveu praticamente todas as presidiárias, cerca de 800 a 1 mil, conforme estimativa da polícia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.