Termina rebelião em Betim e reféns são liberados

Após 38 horas rebelados, os cerca de 700 internos do Centro de Remanejamento de Presos de Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, libertaram os dois policiais que eram mantidos reféns. De acordo com o coronel Reinaldo Martins, comandante das operações no presídio, os reféns foram libertados ilesos. Segundo a Globo News, a rebelião foi encerrada depois que dois representantes dos presos, acompanhados pela polícia, foram até o portão principal da cadeia anunciar que aceitavam se render em troca da transferência de 30 detentos para outras penitenciárias. Pouco antes, os presos haviam exigido a presença da imprensa dentro da cadeia, para entregar as armas. Eles ameaçaram os reféns com, pelo menos, três revólveres, que teriam sido roubados dos próprios policiais. A Polícia Militar já está dentro do presídio, onde deve fazer uma revista geral nas celas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.