Termina rebelião em Goiás após 16 horas

Os 25 presos do Núcleo de Custódia da Agência Prisional de Goiás, em Aparecida de Goiânia, que estavam rebelados desde ontem se renderam e libertaram os dois agentes penitenciários que mantinham como reféns pouco depois das 9 horas de hoje. Os reféns, Miguel Braz Filho e Divino Cândido, passam bem. A rebelião começou porque os detentos queriam retornar ao Centro de Atividade Agroindustrial, também em Goiânia, mas a reivindicação não foi atendida. Os 25 presos foram transferidos para o Núcleo de Custódia porque estariam planejando duas rebeliões simultâneas na véspera do Natal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.